Notícias?

Trazemos aqui uma compilação de artigos referentes a nossa área de atuação.
hepic-blog-hepatite.png

OMS emite alerta sobre novo tipo de hepatite registrado em crianças

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu alerta sobre um novo tipo de hepatite grave que está atingindo crianças. "As investigações estão em andamento para o agente causador", diz nota da OMS, emitida no dia 23 de abril de 2022. A mesma nota classifica a doença como "hepatite aguda de etiologia desconhecida".

 

Segundo a OMS, os pacientes diagnosticados com a hepatite aguda têm entre 1 mês e 16 anos de idade. Em vários casos, foram registrados também sintomas gastroentestinais, como dor abdominal, diarreia e vômito, icterícia e níveis elevados das enzimas do fígado, sendo que a maioria dos pacientes não apresentou febre.

 

Até o dia 21 de abril, foram registrados 170 casos em 12 países: Reino Unido, Espanha, Israel, Dinamarca, Irlanda, Holanda, Itália, Noruega, França, Romênia, Bélgica e Estados Unidos.

OMS emite alerta sobre novo tipo de hepatite registrado em crianças.png

Os dados colocaram os infectologistas em alerta, já que estimativas apontam que 1 em cada 10 crianças precisaram de transplante de fígado. Para especialistas trata-se de uma estimativa preocupante.

 

Segundo a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido, cerca de 75% dos casos confirmados apresentaram teste positivo para o adenovírus, um grupo de vírus que normalmente causa doenças respiratórias, como um resfriado, bronquite e até mesmo a pneumonia. 

 

Mas, apesar de existir a possibilidade de relação entre os casos e episódios de adenovírus, as causas ainda estão sendo investigadas e não há um parecer final.

 

Especialistas defendem que os serviços de saúde do Brasil fiquem atentos a casos suspeitos de hepatite sem confirmação de agentes infecciosos já conhecidos.

 

A OMS destacou ainda que os casos não têm relação com a vacina contra a Covid-19, já que a grande maioria das crianças afetadas pela doença não recebeu doses da vacina.

 

Para ajudar outros países, a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido emitiu orientações para os países afetados para apoiar na investigação de casos suspeitos.

 

Para saber mais sobre acesse o site de notícias da OMS

 

Você sabia que o Hepic é um sistema de informação para a monitorização dos processos de vigilância e controle epidemiológicos de Infecções Associadas aos Cuidados de Saúde (IRAS)?

 

Clique aqui para conhecer os diferenciais do sistema Hepic