Notícias?

Trazemos aqui uma compilação de artigos referentes a nossa área de atuação.
hepic-blog-140621.png

Junho Vermelho destaca a importância da doação de sangue

 

A campanha Junho Vermelho, uma alusão à cor do sangue, realizada nacionalmente, foi criada com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da doação de sangue, especialmente neste mês em que é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue (14 de junho).

Criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, o dia 14 de junho foi escolhido em homenagem à data de nascimento do imunologista austríaco Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 - 26 de junho de 1943), responsável pela descoberta do fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Segundo informações do Banco de Sangue de São Paulo, para que os estoques de sangue se mantenham em um nível confortável, são necessárias 160 doações diárias, porém, desde o início do ano, a unidade vem enfrentando um déficit de 40% em seus estoques sanguíneos.

 

Quem pode doar

Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a OMS:

 

. Homem ou mulher com idade entre 16 e 68 anos;

. Pesar mais de 50 quilos;

. Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;

. Estar bem alimentado e descansado;

. As parturientes devem esperar entre 90 e 180 dias após o parto;

. Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;

. Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente; enquanto os homens devem esperar 60 dias.

 

Clique aqui conferir outras orientações e locais para doar sangue!